Mas eu sou um Poeta, tenho asas para voar, os ventos me levam a qualquer lugar, a sentir teu perfume, a observar o sol que te bronzeia, a agua em que te banhas, a sentir os teus suspiros, e a dizer coisas em teu ouvido........(Edson Costa)

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

CRONICA


VIVER
" A cada momento que vivo, acabo entendendo mais de que o desperdício da vida está no amor que não damos, na força e compreensão que não usamos, na prudência exagerada e egoísta que não nos deixa arriscar, e por fugirmos dos problemas e sofrimento, perdemos também a felicidade, e por esse motivo, entre outros, é melhor nos jogarmos de corpo e alma e viver a vida com intensidade, responsabilidade, amor ao próximo e paixão...pela própria vida....(Edson Costa) 27/02/2011

FRASE


VOA
Voa o passaro verde, pras terras do bem longe, leva minha tristeza e o vazio do meu coraçâo, e , na volta, benfazeja, com leveza em asas vigorosas, traga alento ao poeta, transportando o sentimento que ele sempre esperou, para que haja uma grande inauguraçõa do AMOR, neste coração.....(Edson Costa) 06/05/2011

POEMA


VOCE E EU

Quando me ponho a sofrer por um amor proibido,
Avisto-a e assim meu coração, arde de emoção,
Minhas mãos suam, meus olhos brilham,
Cruzam com os seus , e, eu fico sem jeito.
E com um forte arfar no no peito…
Eu sei que não devia! nem podia!
Mas... eu não consigo controlar minha emoção.
Me deixo dominar por essa paixão, louca,
Que é mais forte que o meu querer,
Domina todo o meu ser, atiça o meu prazer,
Mas, queria tanto poder beijá-la.
Queria no calor do teu corpo me aquecer,
E do meu lado vê-la a sorrir e pedir bis,
Queria tanto conseguir lhe falar,
O que sinto e qual o tamanho do meu desejo,
Sempre que a vejo, aumenta mais essa paixão,
Que queima intensamente, dentro meu coração
E que me faz sofrer de amor,
Mas, proibido, não posso lhe contar,
Não sei! tenho tanto medo de a perder!...
Como amá-la, sem poder te-la,
Proibido ou não eu quero.....
Você... e eu !!!

(Edson Costa) 15/02/2011

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

FRASE


VENUS DEUSA DO AMOR

Não curta tão somente, apareça, Venus platinada, que de longe, observa tudo, aguçando meus sentimentos, fazendo-me a imagina-la.... bela, deusa, do amor......(Edson Costa) 09/03/2011

FRASE


VASO DE FLORES

Eu olho pro vaso, e só vejo voce, cada rosa dessa encarcerada nesse pote de vidro, representa mil vezes o meu coração que se fez prisioneiro de seus encantos, voce é responsavel por aquele que mantém cativo, aquele que sonha contigo acordado, e acorda triste por apenas ter sonhado, Te adoro, vc é linda. Bem é isso. Simples asim. (Edson Costa) 26/02/2011

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


VERDADE

Quando pensar que ter amor verdadeiro é custoso,,
Defina-se em buscar, em praticar, e se dar,
Lembra-te de que: o amor está no respeito, e no gozo....
Da vida, da companhia, conviver e do gostar.

Na verdade, na justiça, na igualdade,
E milhões de nós necessitamos disso ainda,
Com atitudes autenticas e com verdades,
Com isso podemos transformar vidas!!!

(Edson Costa) 01/12/1989.

FRASE


VENUS PLATINADA

Cala a boca e me beija!,,, nesta frase não há o romantismo que a figura da Venus inspira ao Velho Poeta, a decifrar amores, paixões e palavras.....Quando voce me convidou, me subestimou, "eu penso, sou denso, Intenso e Hipertenso" (frase que não fiz agora), se não puder combater o bom combate do amor, desconvida-me, e meu coração sangrará...(Edson Costa). 09/11/2010

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

CRONICA


VIVER
" A cada momento que vivo, acabo entendendo mais de que o desperdício da vida está no amor que não damos, na força e compreensão que não usamos, na prudência exagerada e egoísta que não nos deixa arriscar, e por fugirmos dos problemas e sofrimento, perdemos também a felicidade, e por esse motivo, entre outros, é melhor nos jogarmos de corpo e alma e viver a vida com intensidade, responsabilidade, amor ao próximo e paixão...pela própria vida....(Edson Costa) 27/02/2011

FRASE


VOA
Voa o passaro verde, pras terras do bem longe, leva minha tristeza e o vazio do meu coraçâo, e , na volta, benfazeja, com leveza em asas vigorosas, traga alento ao poeta, transportando o sentimento que ele sempre esperou, para que haja uma grande inauguração do AMOR, neste coração.....(Edson Costa) 06/05/2011

POEMA

VOCE E EU

Quando me ponho a sofrer por um amor proibido,
Avisto-a e meu coração, arde de emoção,
Minhas mãos suam, meus olhos brilham,
Cruzam com os seus , e, eu fico sem jeito.
E com um forte arfar no no peito…
Eu sei que não devia! nem podia!
Mas, eu não consigo controlar minha emoção,
Me deixo dominar por essa paixão,
Que é mais forte que o meu querer,
Domina todo o meu ser, atiça o meu prazer,
Mas, queria tanto poder beija-la,
Queria no calor do teu corpo me aquecer,
E do meu lado vê-la a sorrir e pedir bis,
Queria tanto conseguir lhe falar,
O que sinto e qual o tamanho do meu desejo
Sempre que a vejo, aumenta mais essa paixão
Que queima intensamente dentro meu coração
E que me faz sofrer de amor,
Mas, proibido, não posso lhe contar,
Não sei! tenho tanto medo de a perder!...
Como amá-la, sem poder te-la,Pproibido ou não eu quero.....
Você... e eu !!!

(Edson Costa) 15/02/2011

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

POEMA


VEM

E nasce um novo homem,
Dias contados,
Amores refeitos,
Havia paixão?
E como negar,
Se o despertar dos dias..
Denuncia.
Como evitar...
Que o amor se consuma,
Se confirme,
Se a vida segue junto,
Embarcados,
Nós dois.
E os dias com dias,
Noites com corpos ardendo...
Em fogo brando,
Tamanha a dissonância...
Que as palavras trazem...
Pra descrever o amor consumido,
E, feito por nós dois.
Deveríamos fugir dessa liga?
Que cola,
Dessa cola que gruda,
Desse amor que desnuda,
Corpos e corações.
Se mostrando puros ,
Visíveis,
Francos,
Como nossas almas, que pulsam...
Vem ...
Vem comigo,
Caminhemos de mãos dadas,
Nus de preconceitos,
Cegos de amor,
Nademos em mares,
Rios,
Cruzemos oceanos,
Subamos os montes,
Desçamos nas corredeiras...
De uma cachoeira,
Pulemos dos abismos,
Rolemos dos morros,
Os mais íngremes,
Então cansados,
Satisfeitos,
Adormecer...
Mais uma noite de AMOR...

(Edson Costa) 24/01/2012

POEMA


VELHO POETA
È chegada a manhã,
O galo canta soberano no romper do dia,
A luz do sol, reflete pálida e fria....
Ainda, no espelho d' agua do lago,
Qquisera eu asas possuir,
Para numa revoada em busca de vistas,
Visitar os moinhos,
Poder ver os caudalosos corregos....
Qque seguem em seu leito,
Levando a esperança,
Trazendo luz e alimento para outros,
Ribeirinhos em festa,
Cantam sua chegada,
È de alegria e danças,
Comovem tambem aos tripulantes,
Que acenam de seus barquinhos imagináveis,
E
O Velho Poeta versando por linhas,
Aguarda impaciente e atento,
Que mais luz se adicione,
Voltando nas asas que possui,
Imaginárias,
Ao pomar de frutas cítricas,
Doce?
Nem tanto,
Amargas por vez,
Voltando ao terreiro diário,
Lá está o Velho Poeta em sua cadeira balançando,
A ouvir orquestras de passaros....
A lhe saudar por um novo dia,
Ao que ele responde pragmático e pensativo,
Bom dia a todos....
(Edson Costa 06/11/2010) o Velho Poeta

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

POEMA


VEJA

Pra ti me revelo,
Te vejo tão linda,
Espero... conto teus passos.
Chegamos no ponto,
Me ouve, me abraça,
Se foges, te laço,
Te ouço gemer,
Me pega mais forte,
Escuto sua voz, fraca,
Do beijo, só quero o estorno,
De sentir o seu gosto,
Caricias em teu rosto,
De longe, eu já te queria,
Numa hora bem fria,
Aqueço-te nos braços,
Mudou, amor renovado,
Te trago sem medo,
Um novo amor, parceiro.
Mas eu te libero olhares,
Me coloco, para amares,
Um novo Poeta,
Mas eu já te noto,
Quem foi, já perdeu.
Pra entender, já se foi,
Se calas, te beijo,
Te esqueças do passado,
Mesmo que recente,
Um novo amor,
Que quer te amar..

(Edson Costa) 21/07/2009

FRASE


VAZANTES
...aqui não ha enchentes, no meu peito só ha vazantes......
nem agasalho tenho, voce sabe disso, sou um mundano solitario, sem eira nem beira....sem lugar, nem parar, sem rumo e sem prumo, sem tino ou destino.
(Edson Costa) 03/05/2011

POEMA


VAGA PAIXÃO

Eu ouvia os passaras a cantar na janela,
Samantha, Luzz, que ao longe eu via,
E bem perto sentia a presença e o perfume dela,
Como se o amor já fizesse parte do meu dia.

Crianças correndo em torno da varanda,
Uma visão sublimada, que só minha vista alcança,
Querendo correr ao encontro, perna não anda,
Tentando buscar, trazer essa Luzz de bonança

Amor que se faz, que se espera, desejo,
Correr te abraçar, querer seu chamego,
De longe, tão perto, dar-te um beijo,
Na busca cansada, no seu aconchego.

Te quero, te tenho, te viras e vai,
Solidão que se faz, não estás mais aqui,
Te vejo, revejo, te chamo, a vista me trai,
Quem dera, me espera, me queira pra ti.

Na vida, sentidos, amores vãos,
Samantha, de Luzz, do meu bem querer,
Pra onde tu vais,? Demo-nos as mãos,
Querida sou seu, me deixe te ter.

E quando, em fotos rotas, sem brilho,
Acaricio tua face, sentindo saudade,
Mas um dia , se volta, pra ti me humilho,
Te peço, que fique, me ame, me ache.

Me ouça, não corra, não vá,
Saltitas, menina, brejeira, amor,
Me veja , e venha pra me beijar,
Me sinta, me acolha, no seu calor....

(Edson Costa) 04/04/2011

sábado, 21 de janeiro de 2012

POEMA

AUSENTE

EM TI PENSEI TODOS OS DIAS, EU SORRISO ME ACOMPANHOU,
LI MEUS ESCRITOS RELI OS SEUS,POESIAS QUE SUGEREM, MAS NÃO DIZEM,
E COMO A SONHAR, COM UM FUTURO DISTANTE, PRESENTE,
DE MIM, ME VI EM VOCE , SONHEI COM BEIJOS NÃO DADOS.
INTRIGADO QUE FICO COM ESTE SENTIMENTO QUE SE APOSSA DE MIM....
RESTA CERTO QUE ATI NÃO TENHO QUE PROVAR NADA,
AH, MAS PARECE QUE TE PROVO TODAS AS MANHAS,
MAS VOCE ME CONSOME SEM PERCEBER.
OS BEIJOS NÃO DADOS, OS AFAGOS CONTIDOS,
SOPESAM OS SENTIMENTOS QUE LHE DIRIJO TODAS AS HORAS,
EM QUE PRESENTE OU AUSENTE.......Voce em mim estava....
(Edson Costa) 03/09/2011

POEMA

AUTO EXAME

Caminhando pelas searas rubras do deserto de minha vida
Ausculto os sons outrora inaudíveis,
Dos rios que solenemente fluem
Garbosos em seus leitos sinuosos
Dos pássaros que gorjeiam em orquestra
Em sons que de belos, inebriam,
Do céu, que azul encanta e nos cobre
Emitindo pequenos sons dos astros celestes
Das estrelas que aqui cantam
Musicas que imaginam os poetas,
Das crianças que brincam inquietas,
Como meus filhos e os filhos alheios,
Falando baixinho, o Velho Poeta,
Sussurra seus versos sem rima
Ouvindo o sibilar do vento
Deslizando entre as matas soberanas
Tocando uma musica intensa
Silente, e ruidosa,
Em contraste com a própria expressão
É chegada o tempo, com a idade,
Que o poeta apura seus ouvidos,
Clareia seus olhos, mas, ainda não,
Consegue abrir totalmente seu coração,
Quisera então poder fazer em poucos anos
O que não fizera por toda a vida
Caminhar na chuva, deslizar na neve,
Ajudar o necessitado, falar ao aflito,
Olhar o céu, admirando as estrelas,
Ver sofisticação nas coisas simples
Facilitando a vida e o viver
Ouvir os que suplicam, para lhes amar sem condições,
E assim o Velho Poeta, se ajuda mais que ajuda,
E torna a vida comum, valorizando-a e dourando-a
Sendo fiel a si mesmo e aos seus
Segue este humilde escriba, estrilando palavras simples
Que ditas ao vento, sem caminho, espera...
Que atinjam seu próprio .... coração



EDSON COSTA 07-08-2010. (autoexame)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

POEMA


AVIDOS

· Sigo em frente, mão e corpo ávidos.
Deitando-me malicioso em teu leito,
A sentir teu corpo tremulo:
...Diante do teu amor, tudo aceito...

Roubando teus sentimentos,
Ao desnudar teus seios,
Em caricias e longos beijos,
Deixando-me completamente louco,
Abrindo-me pra você,
A efusão dos meus Desejos...

Sendo só desejos, me entrego.
Amando-te por inteiro,
Enquanto me faz teu homem,

Provocando em meu corpo espasmos e gemidos,
Embalados com palavras incompreensíveis,

Nos fazendo um, mesmo sendo dois......

Edson Costa 14/11/2010

POEMA


AYLTON

Moleque travesso e adorado,

Pequeno coração vibrante.

Nos dias em que quieto, calado,

Não está bem, , nõ lhe peça que cante.

O sorriso singular que margeia sua fronte,

Enche de alegria os que lhe tem apreço,

Pai que queria mais, presente,

Filho que já é muito amado desde o berço.

Amor de pai , sincero que norteia a confiança,

Pequena alma de grandeza infinita,

Peralta, carinhoso, produz muita lembrança,

Alegre, saúde, amor que não se imita.

Aylton querido, meu filho , meu Pai,

Que alimenta o ego e o espírito do velho

,Que honres o nome do Avô que contigo vais,

Que seja Feliz, menino, homem, meu espelho...

(Edson Costa) 19/02/2009

sábado, 14 de janeiro de 2012

POEMA

AQUI E AGORA

Hoje não quero virar a a pagina,

Hoje eu quero tomar todas,

Hoje eu quero cheirar sua nuca e sua alma

Hoje eu quero beijar a sua boca

Com a ânsia dos famintos,

Com a sede dos desertos.

È preciso recomeçar uma nova história

Escrever um novo livro,

Mantermos só nós como personagens,

Apagarmos tudo de bom ou ruim que se passou,

Recomeçar do zero, naquela mesma posição,

Não há por baixo ou por cima,

São dois tão entrelaçados que se tornam um

A Vida por si, nos recolocara no caminho,

Os amores e odores se comporão...

Em melodias de amor e tesão

E o que antes nos fez sofrer,

Agora nos dará acessos de gargalhadas...

E inteligíveis palavras e frêmitos de prazer.

Não posso me desfazer de você,

A vida me entranhou em sua pele,

Como cicatriz, que não desaparece,

Não quero ir mais embora,

Não deixe que nem querendo eu me vá,

Me chame, me abrace, me ame, aqui e agora....

(Edson Costa) 21/07 2011

POEMA


APRENDER A AMAR

Preciso aprender a amar

Suspirar ao amanhecer

Esperar a chegada da noite

Para então reencontrar

Preciso aprender a amar

Pra cheirar tua roupa de manhã

Pra olhar seu retrato na minha mesa

Pra sonhar em de novo te abraçar

Preciso saber Amar

Pra sonhar contigo acordado

Lembrar de tuas curvas sinuosas

Esperar a hora de nelas derrapar

Preciso aprender a Amar

Pra comprar bombons pra você

Te levar a revista que lês

Pra querer chegar e te beijar

Preciso aprender a Amar

Pra cuidar de ti nos resfriados

Pra compreender suas TPMs

Pra aguardar a hora de me deleitar

Preciso aprender a Amar

Pra te abrir a porta do carro

Pra elogiar seu vestido

Pra te dizer só coisas que possam te agradar

Mas..preciso aprender a te Amar

Pra contigo planejar um bebe

E sua gravidez curtir

Esperar esse fruto a nos abençoar

E aprendendo a te amar

Achar lindo seu corpo transformado

Acariciar sua barriga com carinho

E a esse filho mostrar o que é desejar

Eu preciso aprender a Amar

E desta forma te convencer

Que meu amor é maior que tudo

E ...a você poder conquistar...

Para sempre...

(Edson Costa) 04/11/2010

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

POEMA (Para Lú Lima)


APENAS
Em desaviso, de repente

Surpreendentemente
Seu olhar me engana.

Sua tez clara

Me encanta
Lú, Lú, Lima

Simples beleza..... Lima

Como num pomar

Frutas viçosas

Limas, laranja, Lima, Lú,

Apenas Lú,

Seus cabelos a emoldurar

Esse belo rosto

Seu sorriso, leva o poeta a sonhar

Tua voz sussurra cantos

Teu falar me inflama a alma

Em ouvidos ávidos de poeta

Ausculto teu peito

Um belo coração vibrante

Derramas querências

Mas..amas, sem confessar

Sonho contigo, acordo sozinho

Você não está

Lú, a vida te deu a beleza

Mas não privou a quem te admira

Venerar-te em pensamento

Querer te ver feliz

E te amar por um momento...

(Edson Costa) 24/05/2011